Diz-me se queres que te ame

É suposto deixar de te amar?
Diz-me que é para eu saber que tenho de te esquecer e para depois ter a certeza de que vens atrás de mim com todas as nossas fotografias e memórias. Diz-me que já não me amas e eu deixo-te mas depois volto para que me voltes a amar como no primeiro dia.
Não vou deixar que o teu orgulho te roube de mim. Eu sei que não estás bem, és frágil e pensas que ninguém sabe mas eu sei. Podes dizer a quem tu quiseres que a tua vida nunca teve melhor – se calhar até sabes o que dizes, se calhar eu sou a tua vida e nunca tive melhor agora, sem ti. Mesmo assim prefiro cair na burrice de te amar mais um pouco e até quando as estrelas nos caírem em cima.
Promete que te recordarás de mim? Promete amar-me, até que a lua desapareça da tua janela quando fumares o teu cigarro à meia-noite em ponto, até que o coração que desenhei à porta da tua casa se apague com o andar fatigado das pessoas na rotina dos dias, até que saibas que o amor deixou de existir – e não saberás enquanto tentares ver-me em cada pessoa que passa ao teu lado, e não fica.

Anúncios
Diz-me se queres que te ame

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s